Monetização através do Twitter

setembro 17, 2008

Nova ferramenta para Twitter se propõe a fazer o microblog gerar e fazer girar dinheiro. Publicando anúncios na sua conta do Twitter, você pode ganhar um dinheirinho extra. E você, anunciante, pode publicar seu anúncio nas contas mais visitadas, ou mais “seguidas”.

Veja mais aqui:
http://twittad.com/


Falta preparo de empresas para mídias digitais

novembro 14, 2007

Levantamento da Accenture, consultoria global de gestão, tecnologia e tercerização, mostrou que, apesar das empresas reconhecerem a força da mídia digital, elas não estão prontas para lidar com os internautas.

De acordo com a pesquisa, realizada com 70 CEOs mundiais de empresas ligadas às áreas de mídia, sobre o papel de novos canais de comunicação para a promoção de seus produtos e serviços, 97% dos empresários acreditam que a propaganda do futuro está nas mãos dos consumidores que, cada vez mais, preferem utilizar mídias como a TV, a internet de banda larga e os celulares, informou o site InfoMoney.

O estudo apontou que 43% dos entrevistados acreditam que os modelos de anúncio feitos atualmente devem sofrer alterações drásticas nos próximos anos, em referência ao crescimento da publicidade na TV de banda larga (aposta de 22% dos anunciantes), internet (21%) e nos celulares (11%) e à queda das expectativas em relação aos anúncios em televisão aberta (33%) e a cabo (11%).

No entanto, as mesmas empresas que votam nas mudanças estão pouco preparadas para lidar com o cenário. O levantamento apurou que apenas 13% dos entrevistados responderam que estavam preparados. “Neste contexto, e para ganhar espaço no mercado, as empresas esperam gerar receitas ao oferecer uma experiência rica em vídeos e conteúdo”, explica o executivo responsável pela área de mídia e tecnologia da Accenture, Petronio Nogueira.

Os empresários entrevistados disseram estar preocupados em contar com pessoas que estejam dispostas a atuar neste novo cenário de negócios (25%), que sejam competentes (22%) e comprometidas (11%). “As empresas têm buscado novas maneiras de interagir com seus clientes.”

Retirado de http://diariodenatal.dnonline.com.br